sábado, 4 de novembro de 2006

Gente, a minha mãe é tão fofa. Ela é a mãe mais legal do mundo.
Eu tava aqui choramingando porque não tem espaço pra mais NADA no meu quarto, NADA. A mala minúscula fica num canto, não sei onde vou enfiar a mala grande quando eu comprar. E, cara, nem aceito sugestões.

Aí minha mãe insiste que eu tenho que mandar fazer uma sapateira e comprar um guarda-roupas e eu não sei onde enfio o treco de colocar bolsas e chapéus, se entrar mais alguma coisa aqui. Não tem espaço, todas as paredes estão ocupadas, não posso deixar um guarda-roupa bem no meio do quarto.

E eu falo que a culpa é deles, que não tiveram aquela idéia do walk-in closet, que não pensaram que meninas crescem e pre-ci-sam de coisas essenciais como roupas, sapatos e bolsas.

E minha mãe é tão fofa, mas tão fofa, que ela fala:
-Acho que dá pra ceder uma parte do meu quarto pra você, aquela parte que é tipo um antequarto*. Dá pra abrir uma porta pro seu quarto.

Imagina se eu vou fazer isso, cara. Tirar um pedaço do quarto dos meus pais pra guardar sapato. Só mãe mesmo pra ceder uma parte do próprio quarto pra filha...

*ante-sala eu sei que existe. antequarto eu chutei. no google achei ante-quarto. mas não é, né? porque se a palavra existir o correto deve ser antequarto. enfim, deu pra entender.

6 comentários:

  1. Realmente, só as mães são capazes de gestos assim... acho que as mães são capazes de coisas que até Deus duvida...

    Eu n entendo mto de português, então eu teria escrito ante-quarto, seguindo o exemplo do ante-sala,mas...é só um 'achismo'.

    ResponderExcluir
  2. minha mãe é muito fooofa.

    eu tb não sou especialista em português... na faculdade estudei mais inglês do que português.

    ResponderExcluir
  3. Esqueci de dizer que elas são mais generosas ainda qdo se trata de "filho-homem", como diz o povo e o pessoal da novela das oito...

    Eu gosto mto de português, sempre foi uma das minhas matérias preferidas, mas acho que vc entende mais, pois estudou isso especificamente; e como faz tradução, está sempre em contato com a língua.

    ResponderExcluir
  4. olha, aqui em casa minha mãe mima os dois. acho que nós fomos criados da mesma maneira, sem muitos limites, pra ser sincera.

    mas acho que ela se preocupa mais com o meu irmão, pq ele ainda tá estudando, não tem emprego. ela me acha mais independente, ela diz sempre isso. hahahaha, té parece.

    ResponderExcluir
  5. Então sua mãe é diferente, pois todas que eu conheço pendem sempre para o "filho-homem", inclusive a minha :P. Sorte a sua então. :) Mas veja se depois que ele terminar os estudos e começar a trabalhar, se ela ainda não vai se preocupar com ele...tem sempre uma desculpa pra elas se preocuparem com os "filhos-homens",rsrsrs.

    ResponderExcluir