terça-feira, 5 de junho de 2007

Ontem eu passei o dia todo bem. Aí já era madrugada de hoje quando eu lembrei que ontem tinha feito dois meses e tal.
Daí, chorei, chorei, chorei.

E fui dormir, que ninguém agüenta chorar tanto na vida, né?
...
Nesses dois meses, eu perdi uns 2,5 kg - 3 kg que eu não recuperei. Essa foi a melhor parte mesmo, porque era aquele peso que eu tava tentando perder há meses, mas não conseguia. Só que eu me alimentei normalmente durante esse período. Meu apetite não diminuiu nem nada. Então eu pensei, pensei, e acho que não perdi 3 quilos, perdi 3 litros.

E é por isso que não importa o quanto eu esteja feliz, eu vou chorar pa-ra-sem-pre. Pra manter o peso.

5 comentários:

  1. Florzinha, tem uma maneira tããããããooooo melhor de perder peso E estar com alguém E ser feliz...

    Sua mãe AINDA não te contou qual é? Bom, se ela não contou, começa a ler a Cláudia, a Nova, a Marie Claire...

    ResponderExcluir
  2. hauahuahauh
    eu tô com a Suzana. Mas cuidado, hein! essa maneira tb faz ganhar peso na região do abdomen hauahua
    Ai, Rê...e eu que não emagreci nadinha de nada, hein? que vida...
    E olha: que chorar a vida toda oq?! estabelece uma data e chega de choro, hein!!
    beijocas!

    ResponderExcluir
  3. Vc não perdeu líquido,não, perdeu peso, mesmo; vc acha que comeu na mesma quantidade, mas eu te asseguro que não. E tenho dito ;). Certos tipos de tristeza fazem a gente emagrecer mesmo. Eu choro até por música, como diz minha tia, e isso não me faz emagrecer; vai por mim; pára de chorar e começa a gargalhar, que ainda por cima faz bem pra pele ;).

    ResponderExcluir
  4. Marina Rodriguez6 de junho de 2007 10:26

    Rs.
    (Na linha "nao te conheço, mas talvez vc goste de Jung", talvez tenha sido peso mesmo, náo água. Peso físico e psicológico...
    Viagem?)

    ResponderExcluir
  5. Suzana, tem uns segredos que eu acho que a minha mãe anda me escondendo... Mas eu lia Capricho quando era adolescente!

    Thata, ahhh, não quero ganhar nada na região do abdomen! hahahaha
    olha, tá chegando perto o dia que eu estabeleci pra parar de chorar, tá chegando... beijo!

    Jussara, é verdade, acho que se eu chorar de rir é possível que o resultado seja o mesmo...

    Marina, de peso psicológico eu perdi muuuuito tb! acho... ;)

    ResponderExcluir