quinta-feira, 23 de agosto de 2007

-Mãe, lembra da fulana que estudou comigo? Teve uma filha...
-Ahhh, você falou com ela?
-Não, só vi a foto.
-Mas aí você falou com ela?
-Falei o quê?
-Do bebê?
-O quê?
-Não falou com ela? Quero saber o que você falou com ela.
-Nada, ué. Vou falar o quê?
-"Ah, você teve um bebê! Parabéns! Felicidade! Muita saúde!"
-"Você tá medonha naquela foto pós-parto, tira da Interneeet!"

Ainda leva muito tempo até eu deixar de achar assustador que alguém da minha idade seja mãe.

14 comentários:

  1. hahahahahhaa, sério? eu não tenho idéia do que faria com um bebê. não sei mexer neles...

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho sentimentos conflitantes com esses telefonemas de "Parabéns! Felicidade! Muita saúde!". Por um lado eu detesto recebê-los de gente que eu não conheço direito... tipo tios distantes e tal... Por outro lado eu adoro recebê-los de gente que eu gosto. Então quando é minha vez de ligar eu não sei, né? Será que a pessoa já não tá de saco cheio de 300 pessoas falando a mesma coisa? Ou será que vai ficar chateada se eu não ligar?

    ResponderExcluir
  3. Juliaaana, toca aqui, eu sou igual! No meu aniversário me escondo, porque acho super chato receber telefonemas de pessoas com quem eu mal falo. E também nunca sei se devo ligar, mandar um e-mail, um sms. nunca sei se a pessoa vai ficar aliviada por não ouvir a mesma coisa pela milésima vez ou se vai ficar zangada achando que foi esquecida.

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca sei se dou parabéns qdo sei que a pessoa está grávida, pq não sei se é caso de parabéns, é? :D E tb as mulheres que conheço que ficaram grávidas, nem sempre ficaram mto felizes com a notícia, então eu ficava meio assim em falar...

    Agora, acho meio de mau gosto colocar fotos no orkut de pós-parto, dos dias finais de gravidez, de casamento e de barrigas grávidas. Acho nada a ver. Quem quer ver isso? eu não quero.

    ResponderExcluir
  5. hoje em dia eu também acho, mas quando tive o guilherme eu tinha 25 e achava normalíssimo ser mãe e solteira!!!!

    tipo, 'sou uma mulé independente e tô cagando pra essa sociedade machista'??

    pfffffff!!!!

    =]

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Eu tive meu primeiro filho nas vésperas de fazer 22 anos. Em nenhum momento questionei a minha capacidade de ser mãe, nem achei cedo de mais. Hoje eu até acho, mas na época não achei.
    Comecei cedo e parei cedo.
    Nem me imagino tendo mais filhos.
    Deus que me livre dessa.

    ResponderExcluir
  7. thank Lord I'm not the only one!
    bebê seria uma pedra (enooorme) no meu caminho agora.

    ResponderExcluir
  8. Jussara, o que eu acho o pior do mundo é quando você vai visitar o bebê e a mãe insiste em mostrar as fotos e o vídeo do parto. gente, assim, é emocionante pra quem esteve presente. eu dispenso ver sangue que não é meu...

    Chris, ahhh, quando eu nasci minha mãe tb era muito novinha, tinha 24 anos! e casou com 22!!

    Tatiana, minha mãe vive me dizendo que é muito melhor ter filhos cedo, que agora ela não teria a menor paciência...

    Elisa, eu não teria a menor idéia do que fazer com um bebê... eu vejo tanta gente que tem a minha idade tendo filhos e me assusto, porque acho tão cedo pra mim...

    ResponderExcluir
  9. Vc já viu uma camisa que tem escrito: "bichos são amigos e não comida"? Vi hj no restaurante vegetariano que almoço e lembrei d´ocê...bjins

    ResponderExcluir
  10. bom, mas ela era casada, né? eu não. eu era uma mulé-super-poderosa que não precisava de homem pra nada. por que a gente acredita nessas merdas quando é nova, me diz??

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  11. Conceição, eu já vi, mas nunca vi pra comprar... :*

    Cris, que corageeem!

    ResponderExcluir
  12. que mané coragem, renata. falta de noção, isso sim, se eu fosse a minha mãe tinha me dado uma surra, ahauhauhauahuaha!

    ResponderExcluir
  13. hahahahaha, eu acho que se tivesse um filho agora minha mãe ia pegar pra ela e falar "filha, mamãe vai cuidar dele e quando ele tiver uns 18 anos eu te devolvo, tá?"

    ResponderExcluir