sexta-feira, 7 de dezembro de 2007

Coloco a lente esquerda. Não enxergo nada. Tiro. Lavo, lavo, lavo. Coloco a lente no olho esquerdo de novo. Fecho o olho direito. Enxergo pior com o esquerdo, que está com a lente, do que com o direito, sem a lente. Tiro a lente. Lavo, lavo, lavo. Tem que funcionar, meu vestido não combina com óculos. Minhas sapatilhas muito menos. Coloco a lente esquerda. Não enxergo nada.

Ando pela casa. Ando a casa toda, pra testar se consigo andar enxergando tudo embaçado. Ando, ando, ando. Quase tropeço na Hannah. Não tem nada a ver com a lente. Ela é da cor do chão. E está deitada bem no meio do caminho. Ando, ando, ando. Consigo enxergar. Mais ou menos.

Volto ao banheiro, abro o potinho pra pegar a lente do olho direito. Hum, verde. A tampinha verde é da lente esquerda.

Ah, tá. A lente tava trocada.

Enxergo, posso ir. Meu cabelo insiste em não fazer sentido, mas posso ir. É só torcer pro resto do mundo ter trocado a lente esquerda pela direita. Meu cabelo, visto embaçado, até que fica legal.

13 comentários:

  1. Ri muito lendo sobre suas lente porque já fiz isso inúmeras vezes. Até que operei e me libertei! Aliás, seu texto é ótimo!

    Bjs,

    Cris

    ResponderExcluir
  2. meu cabelo tb nao esta fazendo o menor sentido hj...

    ResponderExcluir
  3. Menina, para com isso! Parte pro Lasik!

    ResponderExcluir
  4. Klein - http://lixomania.zip.net7 de dezembro de 2007 19:40

    Uma vez fui a uma festa de formatura. Dirigindo sozinho. Ficava na casa do cacete e eu bebi como uma formatura exige. Em dado momento da noite percebi que uma das minhas lentes tinha sumido. Então voltei pra casa tipo 5 da manhã sozinho, perdido, bêbado e caolho. Foi quando eu decidi que ia fazer a cirurgia de miopia...

    ResponderExcluir
  5. Renata já fiz isso muitas vezes, ainda bem que meus graus são próximos e dá pouca diferença, mas quando eu começo a reclemar dizendo que talvez meu grau tenha aumentado o André logo pergunta se eu não troquei as lentes.
    :)

    ResponderExcluir
  6. eu não uso lente, e comecei a "precisar" de óculos há pouco tempo, então ultimamente eu venho testando uma modalidade paquera-intelectual, que consiste num põe e tira de óculos frenético. Mas desconfio que não está dando muito certo... vou tentar me especializar mais.

    ResponderExcluir
  7. ué, tem uma 'cris' que assina igual a mim, rs... menina, só você pra dar um fechamento desses no post. muito bom. e quanto a conhecer renatas: você já me deu bolo, lembra? poizé, alguém está devendo uma visita à nikity city, hehe. bjs

    ResponderExcluir
  8. Cris, ah, eu penso sempre em operar, mas ainda não me decidi...

    Cinthya, não entendo por que eles fazem isso com a gente...

    Blogiana, ah, eu devia mesmo, né?

    foto nova, que linda!

    Klein, mas aí é que eu não faria a cirurgia mesmo. pq vc provou que sobrevive sozinho, perdido, bêbado e caolho. enxergar bem pra quê?

    Guilherme, hahahahaha, não, bem que eu queria...

    Carol, hahahaha, que bom que você tem alguém que te dê um toque e não precisa ficar andando pela casa pra ver se consegue enxergar...

    Mariana, hahahahahah, se eu não sei se estão me paquerando quando estou de lentes, imagina sem!

    Cris, ah, é mesmo! mas agora esse encontro tem que sair!

    ResponderExcluir
  9. Hahahahah

    Jamais usarei lentes! Jamais!

    ResponderExcluir
  10. eu uso lentes há 12 anos, considerando que tenho 24, isso tomou metade da minha vida.
    6 graus! 6 graus!
    e tem dias que adoraria que todos estivessem míopes como eu.

    ResponderExcluir
  11. hauahuahauhauhauahuah... sua boba! aposto que tava lindo!...

    ResponderExcluir
  12. Fabiana, mas no fundo, é bom. quer dizer, não. hum.

    Denise, 6 graus? uau! tem que viver de lentes mesmo, né? aqui em casa, todos usam...

    Jana, hahahahaha, tava engraçado, parecia de criança...

    ResponderExcluir