quarta-feira, 23 de maio de 2007

Outro dia eu saí e só no meio do caminho me toquei que a chapinha tinha ficado ligada no meu quarto. Liguei e pedi pra minha mãe desligar.

Hoje a minha mãe falou:
-Ainda bem que aquele dia você ligou. A gente nunca teria visto a chapinha ligada.
-É, a casa ia pegar fogo e no dia seguinte eu ia chegar em casa e encontrar só as cinzas de vocês.

Minha mãe completa:
-E a chapinha estragada.

É, porque perder uma chapinha seria muito pior do que perder a minha família queimada por minha culpa, né?

3 comentários:

  1. cara, teve um dia que eu fui trabalhar de manhã e deixei a cafeteira ligada. eu voltava às 10 da noite. eu lembrei da cafeteira mais ou menos umas 2 da tarde, mas sabe quando vc fica naquela incerteza de "será que eu desliguei?"? então, eu tava meio preocupada, meio querendo acreditar no meu senso de responsabilidade.

    quando eu cheguei, a casa toda tava cheirando a café queimado e a jarra da cafeteira teve que ser inutilizada, porque ficou consumida por café torrado.

    chorei e chorei horas pela minha falta de responsabilidade e de adultice.

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre acho que não desliguei as coisas.
    Às vezes, já estou no ponto de ônibus e volto pra ver se desliguei o forno. Várias vezes eu levanto da cama, quando aquele soninho já está vindo, para fazer isso. Acho que morri queimada em outra vida.

    ResponderExcluir
  3. Cíntia, vc tem que contar essa história pro meu pai, pq todo sábado de manhã ele sai pra feira e deixa a cafeteira ligada. todo sábado eu dou um chilique, mas não adianta!
    mas cheiro de café é uma delícia, cíntiaaa!

    Cela, vc tem blooooog. amei o nomeeee, vou linkar!

    ResponderExcluir