segunda-feira, 8 de janeiro de 2007

O tempo passa de um modo diferente pra mim, eu acho. Porque daqui a menos de um mês eu vou fazer 24 anos. E quando minha mãe tinha 24 anos eu nasci. E eu tô tão longe, mas TÃO LONGE de ter filhos e ser adulta. Sou muito o gêmeo que vai pro espaço.
...
Normalmente eu não comemoro aniversários pares, só os ímpares, mas esse ano eu até queria comemorar. Mas toda idéia de comemoração que eu tenho não faz o menor sentido. Além de qualquer idéia de comemoração hoje não fazer o menor sentido. A menos que eu receba meus amigos no meu quarto, de pijama, com liberdade total pra, no meio da conversa, ter um daqueles momentos "cara, o que eu faço da minha vida?" surgidos do nada.
...
Eu queria ir a uma livraria gastar dinheiro com algo útil, pra começar o ano. E ver se acho uma fatia de cheesecake dando sopa por aí.

10 comentários:

  1. O que significa: "sou muito o gêmeo que vai pro espaço"? acho que não estou com o funcionamneto pleno das minhas faculdades mentais, e não entendi...

    Por que comemora só os ímpares?pq são números cabalísticos?rsrsrs.
    Eu acho meio chato dar festinha de aniversário, ter que pensar em que comprar ou fazer pros outros comerem, sem falar na hora de receber os parabéns... coisa mais chata... melhor vc pegar a grana que ia gastar dando uma festa e comprar coisas pra vc.A 'festa' no quarto tb é uma boa,rs.

    É uma boa idéia comprar um livro, mas ele só vai ser útil se não for do Paulo Coelho nem do Dan Brown.

    Acho cheescake enjoativo...uma vez comprei um e não consegui comer tudo.

    ResponderExcluir
  2. aqueles gêmeos do einstein, pra mostrar que o tempo é relativo. um fica na terra, o outro vai pro espaço. passam anos. quando o do espaço volta, ele tá mais novo q o irmão, q já tá idoso. eu devia ser mais velha, já, mas o tempo tá passando diferente e eu continuo adolescente.

    é uma coincidência não comemorar os pares, reparei ano passado. não é intencional, mas sempre acontece alguma coisa que me impede de comemorar aniversário num ano em que minha idade é par. tipo pe carnaval, ou todos vão viajar, ou eu simplesmente não sinto muita vontade...

    ResponderExcluir
  3. Ah, lembrei agora; das aulas de física, não?

    E o cheescake, conseguiu?

    ResponderExcluir
  4. Que nada, comemore sim...nem é preciso festa, vai para um rodízio! Ter vinte e quatro é bom demais. Eu, que já estou quase dobrando o cabo, me aproximando dos belos trinta (coisa que nunca imaginei acontecer), acho que temos mais é que nos cercar de pessoas amigas e aproveitar o dia. Relaxa...abraço.

    ResponderExcluir
  5. Jussara, consegui o cheesecake! a mãe do Thiago trouxe pra mim. Tava uma delícia!

    Ly, acho que vou comemorar, mesmo se for só com a família. até porque minha cachorra faz aniversário junto comigo e minha mãe não deixaria de comemorar o aniversário dela!

    ResponderExcluir
  6. Sua sogra é uma mãe mesmo,né? :)

    Comemorar ou não comemorar, eis a questão...comemore apenas se tiver vontade; comemorar por comemorar, não vale a pena.

    ResponderExcluir
  7. bom, comida boa vai ter, que eu sei. sempre tem. é uma exigência da minha mãe, então acho que só isso já é uma comemoração... ;)

    ResponderExcluir
  8. E é um bom começo :).

    ResponderExcluir
  9. Oie. É a primeira vez que leio o seu blog. Tantos clichês. Tanto a minha cara.
    Mas me mata um curiosidade que está matando: pq só comemorar os aniversários ímpares?
    Um abraço
    Bia

    ResponderExcluir
  10. Bia, oi! Não tem explicação pra só comemorar os aniversários ímpares. É coincidência. Um dia eu reparei que desde os 12 anos não comemorava aniversários pares. Esse ano eu fiz 24 e comemorei. :)

    ResponderExcluir