segunda-feira, 8 de agosto de 2011

E tem aqueles dias em que no meio do dia, eu sento pra almoçar e me sinto tão cansada que não consigo nem pensar em cortar minha salada.


Não acredito que vou ter que cortar essa salada. Depois vou ter que mastigar tudo isso e engolir e depois vou ter que pagar a conta e levantar e depois vou ter que escovar os dentes. E vou ter que abrir minha necessaire e retocar minha maquiagem. Talvez eu até tenha que arrumar meu cabelo. Tenho que abrir a porta da minha sala, ligar todos os aparelhos. Vou ter que fechar a porta, ir até a sala dos professores, esperar a hora da aula. Vou ter que dar aula. Ter intervalo. Vou ter que lanchar. Vou ter que dar mais aula. Vou ter que acabar de trabalhar, pegar um ônibus. Meudeus, vou ter que achar minha chave na bolsa, abrir a porta e trancar a porta. Vou ter que subir dois lances de escada, abrir e trancar mais uma porta. Tenho que tirar minhas lentes de contato, tomar banho, escovar os dentes, pentear o cabelo, colocar meu pijama.

E aqui-agora tenho que cortar minha salada. Não acredito que tenho que cortar minha salada.

E ainda tenho meio dia inteiro pra viver.

16 comentários:

  1. e tem aqueles dias que você sente vontade de chorar porque tá gripada e não quer comer e nem cortar a salada fria, mas você cansou de não ser saudável e come a salada quase chorando, pensando em como queria mesmo comer só um pedaço de bolo quentinho com café, sem culpa. se pelo menos a culpa fosse fácil de esfarelar como o bolo...

    ResponderExcluir
  2. ow, super me identifico... temos que fazer alguma coisa! bjo!

    ResponderExcluir
  3. super me identifico [2]. Ultimamente tenho tido desses dias mais do que gostaria... :)

    ResponderExcluir
  4. meu deus. acho que nessas horas eu trocaria a salada por um chocolate. ;)

    ResponderExcluir
  5. Às vezes eu nem corto mesmo a salada.Deixo ela lá, e todo o resto.

    (O problema é quando ela e todo o resto vêm te perseguir, haha.)

    ResponderExcluir
  6. e o pior é pensar "não vou dar conta, e agora?"... Respira fundo...e vai contando os passinhos com medo do momento onde não vai mais conseguir responder....
    Renata, sempre me identifico, obrigada por mostrar que não estamos sozinhos.

    ResponderExcluir
  7. Eu me vejo nesse post. Especialmente agora que eu estou com preguiça de copiar a url e colocar no meu facebook para que todos os meus amigos saibam que eu sou assim e que eles vão ter que saber lidar comigo. Botão share nas postagens, plis!!

    ResponderExcluir
  8. Força! Sei bem como é essa montanha russa de sentimentos, uma semana está tudo ótimo e parece que tudo voltou ao normal( como se algum dia tivesse sido nornal rsrsrsrs) e no outro dia você acordo tão fragilidade que até a fila da padaria te faz querer chorar...

    ResponderExcluir
  9. E tem aqueles dias em que simplesmente abrir os olhos de manhã já é uma luta. :(
    Como viver UM DIA INTEIRINHO?!

    ResponderExcluir
  10. Deixe a salada
    Pegue o saleiro
    Sal e mais nada
    Mais nada o dia inteiro...

    ResponderExcluir
  11. Antecipar mentalmente tudo o que ainda falta pra fazer no dia pode ser torturante... Tenta pensar em uma coisa de cada vez. Funciona pra mim...

    ResponderExcluir
  12. Oi Renata, vou parecer mega clichezão, mas me identifico muito, muito mesmo com vc. Seus dramas, o q te aflige, as tristezas, sua ironia,rs, faço análise tbm,rs e minha terapeuta se chama Renata ^^
    Sou mega dramática, faço de tudo uma ópera, então ela me aconselhou escrever, e vendo seu blog, me inspirei, pensei em fazer um blog semelhante, contando os dramas tbm,rs, vou tentar usar jeito diferente de contar minhas coisas nesse blog publico(se realmente eu o fizer), mas no meu diário virtual onde só eu tenho acesso vou usar sua tática de descrever os dramas, fatos, de maneira sucinta, dizendo o básico, mas deixando muito clara a ideia a ser passada. Vc é muito original e inteligente!

    ResponderExcluir
  13. "e eu ainda tenho uma tarde inteira..."

    ResponderExcluir
  14. huahuah E qando eu e mamãe acordamos, fazemos mil coisas, aí dá uma hora e ela fala: "Ñ acredito, ainda temos qe vencer x horas.", huahuahuahuahauhauh

    ResponderExcluir
  15. Milla, ai, pedacinho de bolo. sanduíche de queijo... :(

    Clarinha, :)

    , não é.

    Dedé, mas eles passam...

    Rose, hahaha, não é? largo a salada lá, saio correndo pra comprar um chocolatinho.

    Cristina, :)

    Nina, sempre tem alguém como nós. :)

    Raquel, ahh, você sempre compartilha links do blog no facebook? eu vejo várias visitas vindas do facebook, mas não dá pra ver em que situação os links foram compartilhados.

    Mireya, :)

    Andrea, só consigo levantar pensando que daqui a 12 horas, sei lá, vou poder dormir de novo.

    Ligia, :*

    Josyê, faz um blog sim. é sempre muito bom contar as coisas no blog. :)

    Mary, :/ que cansaço, só de pensar.

    Gabriela, hahahaha, tem dias que são enormes e quase impossíveis.

    ResponderExcluir