quarta-feira, 17 de agosto de 2011

É sempre estranho falar com quem eu mais amei na vida e só desejar feliz aniversário. Não dizer "I love you", "I miss you", "Que saudade!"


Sempre estranho, mas cada vez mais normal. :)

19 comentários:

  1. Eu odeio isso da vida.
    Isso de afastar as pessoas que amamos. Não gosto =(

    ResponderExcluir
  2. “Daqui uma semana é o seu aniversário e eu estava me esquecendo. Vê se pode? Na verdade, pode sim. Antes, eu planejava tempos antes o que te dizer, ensaiava nossos diálogos e nada saia como eu planejava. Mas era ótima aquela ansiedade de te dizer coisas e de ouvir sua voz do outro lado da linha me agradecendo de coração. Sua importância ainda é extremamente absurda para mim, você sabe, eu te disse que seria pra sempre e não estava mentindo, mas eu não ensaiei o que te dizer. Penso que agora sairão apenas palavras tortas de quem muito se magoou, mas ainda se importa absurdamente. Não quero te empurrar pra longe, você já fez isso. Mas eu também não quero te trazer pra perto de novo porque cansei de tanto insistir nisso. Eu só quero que você saiba que eu sempre te desejarei toda a felicidade do mundo, mesmo nos dias que não forem seu aniversário, mas te peço para não se importar se eu apenas sussurrar um “Parabénstudodebomfelicidades” e desligar o telefone, viu? Estou exausta, só isso.”

    ResponderExcluir
  3. Na verdade, melhor que normal, é quando se torna indiferente..

    ResponderExcluir
  4. Jura que ele faz aniversario hoje? Quem eu mais amei tambem!! E a conversa foi igual!!
    Cada dia mais acho que somos a mesma pessoa. ;)

    Lindo Rebeca!! De quem é??

    Beijos Lili

    ResponderExcluir
  5. "Na verdade, melhor que normal, é quando se torna indiferente.." 2
    Bem isso q Lara disse, mas até chegar nessa fase, a coisa dói...

    ResponderExcluir
  6. as q eu mais amei nem sei mais se estão vivas..rs

    ResponderExcluir
  7. Renata, tô até arrepiada.
    Ontem foi aniversário da pessoa que eu mais amei na vida e passei a mesma, mesma situação.
    Lendo seu post agora, arrepiei e emocionei. Inclusive a música, tudo.
    Era tudo que eu queria falar.
    Tô passada!

    ResponderExcluir
  8. Por isso que não falo. Passou, foi-se. Nada desejo, nem para o bem, nem para o mal...

    ResponderExcluir
  9. Nossa, Renata... Faz uns três meses acho, que conheci seu blog e tô adoraaaaannndooo... Mas só agora vim comentar.
    Eu também tenho que ficar me segurando pra não dizer "Que saudade!", pra não dizer muita coisa além de feliz aniversário, que fosse afugentar (isso mesmo, afugentar) a pessoa (tipo "Que vontade de estar perto de você agora."). Com medo, fico na minha, tentando fazer a boa amiga (Jane de "Drop dead diva"), hmmm... *suspiro* E o triste é receber respostas frias. Não uma frieza má, mas uma frieza tipo de manter distância, de não querer dar chance... Pra não sofrer e se decepcionar de novo. Aih...

    ResponderExcluir
  10. você vai amaaaaaaaaaar mais ainda

    :)))))))))))

    ResponderExcluir
  11. Pri, às vezes não tem jeito, né? mas é ruim... também odeio.

    Rebeca, :*

    Mariana, isso passa, isso passa. :*

    Lara, não quero que seja indiferente, na verdade. :)

    dai, :)

    Clara, ai...

    Lili, só falta você ser aquariana...

    Josyê, eu espero que não chegue, na verdade. não quero que não faça diferença.

    Mário, é bom ou ruim?

    Aline, um beijo. :*

    Garota Enxaqueca, :)

    Renata, :)

    nadia, depois isso passa e tudo fica mais natural.

    Sandro, o amor não existe. :)

    ResponderExcluir
  12. Pra não me trazer dor só se eu aquela pessoa já se tornar uma pessoa comum, pq enqto eu a achar especial, vai me trazer sofrimento, por isso prefiro sentir indiferença...

    ResponderExcluir
  13. iiihh... So vi hoje!!
    Mas sou canceriana!!
    Bjos Lili

    ResponderExcluir
  14. bom. tenho ascendente em câncer...

    ResponderExcluir