quinta-feira, 5 de maio de 2011

Só porque às vezes dá vontade de explicar.


Que, cara, não é nada com você. É que tanta coisa aconteceu antes de você. Não é você, não se sinta mal. Não é você. Sou eu. De verdade. Sou eu e tudo que aconteceu antes de você. E agora deu nisso.

Então, sério, não leve a mal, não se sinta mal. Eu tô aqui chorando por uma bobagem qualquer que você fez, mas, olha, não é um problema que você tenha feito isso. Você não é uma pessoa ruim por causa disso. Foi uma bobagem. E normalmente nem é motivo de choro. Uma bobagem de verdade.

O problema é que já fizeram tanta bobagem antes de você. Eu fiz tanta bobagem antes de você, que a sua bobagem me faz chorar. Mas, assim, não é você.

Sou eu.

E tudo que aconteceu antes.

Não liga, não.

11 comentários:

  1. Você não me conhece e pode até me odiar pelo que vou dizer, mas a real é que esse texto é exatamente tudo que pretendo dizer, agora, pra uma pessoa.

    ResponderExcluir
  2. Sabe, eu adoro o seu blog e os seus problemas e acho que dizer a alguém 'não é você' é terrível porque a gente sempre quer que seja a gente, entende? O causador de problemas e tirador de sono e sabe, qualquer coisa porque essa coisa de 'não é você' é importante e a gente sempre quer ser o mais importante. Sei lá. Gostei do post. : )

    ResponderExcluir
  3. parece bobagem, né? parece simples e fácil. mas realmente, tudo o que aconteceu antes é tipo uma entidade. "TUDO O QUE ACONTECEU ANTES" e "AS COISAS QUE FIZERAM COMIGO".

    passei pela mesma merda e às vezes ainda acontecem uns problemas em função disso. parece mesmo simples, mas só quando as coisas dão errado por causa de TUDO O QUE ACONTECEU ANTES e dAS COISAS QUE FIZERAM COMIGO é que tu vê que não bastava terem te feito merda. a merda continua agindo mesmo depois dela ter acontecido...

    ResponderExcluir
  4. Dentre as coisas mais detestáveis de se ouvir, essa com certeza está ali perto do topo da lista.

    ResponderExcluir
  5. Tem uma foto sua aí? Tô imprimindo esse post e pregando numas paredes, preciso te dar os créditos.

    ResponderExcluir
  6. Marília, :) mas você disse? não sei se é bom dizer...

    Cristyn, eu acho a mesma coisa. a gente pensa, mas não dá pra dizer. ninguém quer ouvir que alguém que está com a gente tá sofrendo por outra pessoa.

    Lu, eu não disse. :)

    Penkala, é verdade. mas mesmo com tudo isso a gente sabe que é possível ir em frente, né?

    Fernando, eu concordo. :)

    Isa, hahahaha, :*

    ResponderExcluir
  7. sim. dá pra ir em frente. A GENTE DEVE FAZER ISSO. ou estaria entregando pros idiotas do passado aquilo que eles nunca deveriam ter tido...

    ResponderExcluir
  8. Penkala, a gente vai em frente, né? mesmo que dê alguns passos pra trás enquanto isso. nós sabemos em que direção ir.

    cafe, :)

    ResponderExcluir
  9. Olha, eu poderia dar um crtl c + ctrl v nisso e mandar. Mas eu ja cheguei ao ponto de não falar mais com a pessoa que receberia

    o__Õ

    ResponderExcluir