quarta-feira, 18 de maio de 2011

Daí chega o dia da terapia e você tem que explicar como se sente. Só que é tanta coisa que você não consegue. Não dá pra explicar. Não sai nada. Nem uma palavra.


E você apela para a mímica e um suspiro.

-Tô assim, ó.

E embola uma mão na outra.

6 comentários:

  1. Te sinto tão...eu!

    ResponderExcluir
  2. Ai, gente, q post aliviante.
    Obrigada por traduzir exatamente o que eu sinto na frente da minha Dra H, de vez em quando!

    ResponderExcluir
  3. Mari, :)

    Dee, hahaha, não é? ela entendeu.

    Naiara, :D

    Carol, ;)

    ResponderExcluir