domingo, 6 de agosto de 2006

olho-de-mola

Outro dia eu tava conversando com uma pessoa de São Paulo e disse "nossa, mas a Hannah é muito olho-de-mola.", aí ela parou e falou "hum, olho-de-quê?", e eu expliquei que olho-de-mola é uma pessoa que não pode ver comida sem querer comer, que acha que pode comer mais do que o estômago agüenta e tudo. Nem liguei, achei que fosse uma expressão que a gente só usasse aqui no Rio.

Quando eu voltei, contei pra minha mãe que tinha descoberto mais uma expressão diferente entre fluminenses e paulistas. E ela disse, na maior naturalidade, "ah, nunca ouvi alguém de fora da família falando 'olho-de-mola'." E eu fiquei assim, hum.

Daí fui procurar no Google, assim, por curiosidade mesmo, ver em que contexto as pessoas usam essa expressão. E aí tive a maior surpresa: o único site com essa expressão é meu blog antigo. E fiquei meio assim, porque pra mim é a expressão mais comum.

2 comentários:

  1. E eu juro que nunca ouvi antes também! =-)

    ResponderExcluir
  2. acho que minha mãe precisa patentear a expressão então...!

    ResponderExcluir