sexta-feira, 1 de maio de 2015

Eu estava mostrando o perfil de um cara num app de paquerinha. Ele tinha umas fotos bem malucas. Na descrição, muitas palavras em inglês, tipo experimental, art, terror, post-punk, gender.

Eu estava defendendo o argumento de que no Rio todo mundo é artista.

-Olha, esse homem não é hétero. Ele apareceu pra você por engano.
-Não, que isso? Nós demos match em dois aplicativos diferentes.
-Você tá dizendo que deu like nesse homem?

Mas é claro que dei. Se eu não der like nesse homem, como é que eu vou conseguir continuar solteira?
...
Estou lendo um memoir sobre viver como uma mulher solteira. Chama Spinster, da Kate Bolick e eu recomendo pra todo mundo que pensa "hmm, ainda não." =)

4 comentários:

  1. "Se eu não der like nesse homem, como é que eu vou conseguir continuar solteira?"

    eis o lema semiconsciente de tooooda uma vida.


    adoro tu, renata. :)

    ResponderExcluir
  2. e para quem, além do "hmm, ainda não", sabe que o negócio 'tá tão feio que fala também "forever alone". serve? :D

    ResponderExcluir
  3. Opa. Baixando pro Kobo já rs

    ResponderExcluir
  4. hahaha. usou mais de duas palavras em inglês numa mesma sentença? desiste! kkk

    ResponderExcluir