segunda-feira, 12 de maio de 2014

Quando você é homem e diz que não quer namorar, que gosta da sua liberdade, quer ter tempo pra fazer suas coisas sozinho, ninguém acha que você está mentindo. Eu não sou homem, nunca fui homem, eu tô falando do que eu vejo. Ninguém, quando um homem diz que não gosta de namorar, que não quer namorar, diz que ele tá mentindo.

Quando você é mulher e diz que não quer namorar, você é, além de mentirosa, uma encalhada. Eu acho encalhada uma palavra sensacional, embora seja bem triste porque nos faz pensar em baleias que vão morrer. Ou vão quase chegar à morte para depois serem salvas. Exatamente como você, que além de encalhada é mentirosa e está só esperando alguém chegar para te salvar. Mas o fato é que ninguém te quer e só por isso você está solteira e todo mundo sabe disso, não adianta disfarçar.

Quando você é mulher e diz que não quer namorar, é claro que você está mentindo, você só pode estar mentindo porque todas as mulheres são felizes amando e querem amar.

Mesmo quando você não quer.

Quando alguém diz que não sabe viver sozinho, a gente pensa "que pena, devia aprender" e depois a gente volta pros nossos namorados e diz que todo mundo devia aprender a viver sozinho, a amar a si mesmo, se conhecer etc.

Quando alguém diz que não sabe viver num relacionamento amoroso, essa pessoa é maluca e/ou terrível e ela não tem um coração. Ou ela está esperando alguém que vai fazer isso mudar. Porque ela nunca viveu um relacionamento feliz. Mesmo que ela tenha vivido alguns. Essa pessoa, ela nunca está dizendo a verdade.

Mesmo quando você está.

28 comentários:

  1. Eu pensava/falava/rabiscava sobre isso, ainda ontem e hoje. Desisti de pensar/falar/rabiscar de tanto que as pessoas falaram que eu 'estaria desperdiçando um momento único da vida', que estar com alguém incrível é algo raro, ainda mais hoje em dia - mesmo que essa minha vontade de ficar só não fosse 'plena'. enfim. comecei a achar que eu era louca. rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. =)

      não. é que existem muitos filmes sobre o amor, você sabe, as pessoas acham que vivem neles.

      Excluir
  2. vivo tendo essa discussão com meu roommate. É um pouco exaustivo discutir que, não, não é porque a sociedade é machista que eu preciso amar, não é porque a mulher tem que ter uma pessoa, não é porque biologicamente nascemos pra "procriar" (segundo ele), não é porque somos geneticamente modificadas para cuidar. É só porque queremos e merecemos amar.

    ResponderExcluir
  3. Bem isso Renata.
    As pessoas geralmente acham que estou mentindo quando digo que não quero casar.
    Desistir de tentar convencê-las que não estou mentindo.

    ResponderExcluir
  4. Olha, isso acontece no universo masculino também. Obviamente em menor intensidade, mas ocorre. De qualquer forma, esse texto é bem minha cara.

    ResponderExcluir
  5. Eu te leio faz um tempão.Eu nunca comentei (Desculpa, é que eu não tenho o hábito). Mas hoje chegou a doer o tanto que me identifiquei com esse post.Do inicio ao fim, esse post poderia ter sido escrito por mim.Mas esse último paragrafo, caramba. E eu nem sei bem ao certo porque eu estou escrevendo isso ahahhaha Mas enfim, obrigada.Eu precisava ler demais o que você escreveu ;)

    ResponderExcluir
  6. Eu, particularmente, sempre quis casar, ter filhos. Hoje sou casada, não tenho filhos. Mas acho que o princípio básico de tudo é: Respeitar a vontade e decisão dos outros. As pessoas se ofendem com quem não quer casar, ou ter filhos, ou ser solteira, ou não amar, ou amar demais. Se ofendem! Somos uma diversidade de personalidades, alguns gostando ou não. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sissi, meu choque é o mesmo que o seu. Eu acho muito triste que tudo as pessoas levem pro pessoal e sentem como se você estivesse atacando as escolhas delas. não é por maldade nem nada, estamos todos sempre cheios de boa intenção. é uma capacidade enorme de não se projetar no outro e aí escolhas diferentes ofendem ou incomodam a ponto de parecerem mentira, teatro, charminho.

      Excluir
  7. Eu não quero ter filhos, e eu o que eu ouço? "ahhh você ainda não encontrou alguém que você goste de verdade (namoro há três anos e meio e sou completamente apaixonada e feliz), "ahh você é muito nova!" e etc!

    Ou seja, people being people, não importa o assunto, sempre haverá verdades absolutas que te enfiam guela abaixo!

    ResponderExcluir
  8. Como alguém falou aí em cima, eu também nunca comentei aqui! Tava mandando vibrações positivas pra você escondidinha desde algum dia do fim do ano passado, quando me deu um surto de saudade desses blogs de verdade, que a gente usa pra jogar as palavras e ser feliz. Então fui de link em link, de blog em blog e caí aqui. Assim como o post, eu já me peguei várias vezes pensando: ok, as pessoas dizem que eu preciso de alguém, "mas fica fria, que logo algum cara legal vai aparecer", etc etc. E eu geralmente concordo com elas, e isso só me entristece. Depois, sempre que alguém se aproxima, eu penso: mas será que eu quero isso agora mesmo? Ou é só porque disseram que eu preciso? :(

    ResponderExcluir
  9. Também nunca comentei antes, mas este texto...é isso mesmo! Há alguns dias, escrevi sobre isso no meu blog. Exatamente sobre isso. Um beijo.
    http://entretantosatos.blogspot.com.br/2014/05/um-barco-chamado-solidao_6.html

    ResponderExcluir
  10. Não entrava aqui há mto tempo (foi mal!).

    Só queria dizer q nunca me identifiquei tanto com um texto... Não quero ficar sozinha pra sempre, mas agora to bem sozinha. É bom saber q eu me viro sozinha, sou independente e não preciso de outra pessoa. Eu quero ter outra pessoa comigo em algum momento, mas não preciso. Isso faz senido? Mas td mundo ao meu redor tá casando, tendo filhos e aí eu virei a encalhada infeliz, mesmo estando mais feliz q vários desencalhados "felizes".

    ResponderExcluir
  11. Simples e genial.
    Disse a realidade que ninguém vê.

    Novembro Inconstante

    ResponderExcluir
  12. O termo encalhado é inapropriado, já que quem encalha fica preso, sem poder sair do lugar. Acho que o correto seria "fulana está à deriva..."

    ResponderExcluir
  13. Esse mesmo raciocínio se aplica a homens x mulheres que não gostam de romantismo, limitando o termo "romantismo" a demonstrações tolas como comprar flores, abrir a porta do carro e comprar caixas de bombom. Minha sogra não se conforma que eu acho flores uma coisa breguíssima e desproposital, não quero serenata na janela nem pedido de casamento. Ela insiste que eu minto. Eu a amo (de verdade, pessoa linda de viver), mas tenho ânsias assassinas nessas horas.

    ResponderExcluir
  14. Alguém que acha que sabe o que você pensa/sente/quer melhor do que você mesma... corre, Bino, que é cilada.

    ResponderExcluir