quinta-feira, 27 de junho de 2013

Mari me disse, quando eu contei pra ela, assim que descobri tudo, que queria que as amigas só se envolvessem com caras legais e emocionalmente maduros. Uma coisa fofa, a Mari, eu poderia dizer isso todos os dias.

Eu era um fiapinho quando começou. Entendo por que começou e entendo por que acabou.

Ruim é ter que entender também por que continuou.

O que eu desejo pra mim, pra Mari, pras minhas amigas, pra todo mundo, é que a gente seja sempre emocionalmente madura. E que a gente faça escolhas emocionalmente maduras, pra não esperar que elas venham do outro lado.
...
A minha antologia do Cacaso novinha, relançada ano passado, eu não conseguia achar de jeito nenhum. Esgotada há anos, eu não frequento sebo, não compro livro usado. Relançaram, eu comprei na mesma semana. Não sabia onde estava. Embaixo da cama, caída atrás da estante, atrás da escrivaninha, em lugar nenhum. Eu não achava.

Até que eu achei e não podia buscar.

Minha escolha emocionalmente madura do mês foi segurar o choro e comprar outra.

Sina

o amor que não dá certo sempre está por
perto

Cacaso

15 comentários:

  1. pode parecer clichê, mas quando for o amor for verdadeiro, de alguma forma dará certo! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. às vezes amor verdadeiro também acaba. =)

      Excluir
    2. concordo totalmente! As pessoas têm uma estranha mania de dizer "que não deu certo", mas o que é "dar certo"?. Deu o que deu e acabou. Dói, mas a vida segue.

      Excluir
  2. Se você souber, posta a receita de como ser emocionalmente madura?

    :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahaha, se eu descobrir a receita, conto aqui.

      Excluir
  3. Faço minhas as palavras da Dani Souza.
    "Se você souber, posta a receita de como ser emocionalmente madura? "
    =/

    ResponderExcluir
  4. caras emocionalmente maduros existem?
    começar uma relação quando se está um fiapinho leva a escolhas não muito boas. a gente sabe no que vai dar mas insiste mesmo assim. :(

    também não frequento sebo (um ex frequentava e gostava, acho que peguei trauma), mas este mês comprei 2 livros usados na cultura, que saíram pela metade do preço e são como novos, nem parece que já foram lidos, gostei bastante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ah, tenho amigos que já compraram pela internet assim. usados em ótimo estado também!

      eu ainda preciso me acostumar com a ideia...

      Excluir
  5. 30 anos e não faço a menor ideia do que é ser uma pessoa emocionalmente madura. na verdade sou o total contrário de pessoa emocionalmente madura. que tristeza.

    ResponderExcluir
  6. Toda vez que me sinto meio triste com essas pancadas no coração, venho aqui pra reler esse texto e me lembrar que sou responsável por (quase) tudo que acontece na minha vida. E mesmo que eu não seja por tudo, posso escolher novos caminhos dentro do que me foi imposto! Ser madura, ser madura, ser madura! Esse é o mantra =)

    ResponderExcluir