quinta-feira, 7 de julho de 2011

E na terapia a pergunta:

-Você está saindo pra conhecer gente?

Não. Não estou saindo pra conhecer gente. Odeio conhecer gente. Odeio gente. Gente só me traz problema.

Estou ficando em casa remoendo mágoas, sentindo que nada vai mudar e nada vai dar certo. Estou ficando em casa longe de toda gente.

Ok, ok, ok.

Já entendi.

22 comentários:

  1. Mas, quantas pessoas pode dizer isto pra vc?

    //
    Ok, ok, ok!
    Já entendi vc Renata.
    //

    E ter entendido mesmo? ~_~'

    ResponderExcluir
  2. Escuto isso toda semana na terapia. Saco. Pior é sentir culpa por não sair. Saco.

    ResponderExcluir
  3. minha resposta seria algo como "conhecer gente? tô sim, mas só virtualmente, porque posso bloquear quando quiser."

    e realmente, gente só dá problema =(

    ResponderExcluir
  4. Conhecer gente, deliberadamente, é tão estranho.

    ResponderExcluir
  5. devia ter completado com 'estou ficando em casa remoendo magoas, longe de td gente, mantendo um contato superficial com o mundo por meio de uma ferramente virtual chamada blog, pela qual eu estabeleço uma exposição controlada da minha vida e personalidade'
    pq é bem isso q eu falo na minha terapia.

    ResponderExcluir
  6. Tem que dia que estou sem saco de conhecer gente. Nesses dias eu penso: Pra que eu quero conhecer mais gente? Pelo amor de Deus as que eu conheço já são suficiente.
    E as vezes eu saiu e não conheço ninguém. Nesses dias eu penso: poderia ter ficado em casa que teria ganhado mais.
    E outra coisa, do jeito que as pessoas estão nem sei se estar valendo a pena sair pra conhecer alguém. Já me decepciono com as pessoas que conheço razoavelmente bem imagina com aquelas que conheci por agora, a probabilidade é bem maior. ¬¬

    ResponderExcluir
  7. pois eu saio e fico esbarrando nos MESMOS "cilada, bino!" das temporadas passadas. então olhando por esse ângulo, ficar em casa não seria uma alternativa tão ruim.

    ResponderExcluir
  8. E quando alguém diz: - Tem que sair e conhecer gente.
    E você pensa: Não quero sair, não quero conhecer gente, quero que "a gente" que eu ja conheço mude e passe a valer a pena.

    É pedir muito?

    ResponderExcluir
  9. Conhecer gente pode ser interessante, especialmente se queremos "conhecer a nós mesmos", tipo, exercitando a paciência, sei lá (?) Pra alguma coisa sempre deve servir. O chato é quando isso se torna imposição (ou única opção no "Reino dos Conhecedores de Gente em Tempo Integral"). Eu sou um pouco desorganizada, e geralmente fico com receio de dizer isso pra alguém ("não, eu não quero conhecer gente") e então, do nada, uma sirene disparar na sala, e então eu ser carregada (com "divã" e tudo) por um grupo conhecedor de gente, mais radical. Hoje em dia, com gente (organizada e de bandeirolas em riste), todo cuidado é pouco...

    ResponderExcluir
  10. muita preguiça também de sair pra conhecer gente. gente idiota. fico em casa e lucro mais.

    ResponderExcluir
  11. Ah Renata,
    Vejo tanto de mim nesse blog.
    Me sinto menos "errada", menos "habitante de uma realidade alternativa".
    Adoro o blog.
    Adoro seu jeito de escrever.
    Vc parece levar a vida de maneira tão leve...
    Inveja, viu?

    ResponderExcluir
  12. Exatamente o que eu diria se eu fizesse terapia. E pior que tenho pessoas a meu redor que não respeitam esse silêncio, esse querer ficar quieto. "Alessandra você vai entrar em depressão e não vai sair mais dela". Ahhh. Sofro com as pessoas.

    ResponderExcluir
  13. Eu também estou assim. Alergia a humanos. Os livros são melhores.

    ResponderExcluir
  14. E eu faço o mesmo e respondo o mesmo pra minha terapeuta. Não tenho tato pra essas coisas, pra essa socialização. Não nasci com esse dispositivo, ou tá desativado. Só sei que não me faz falta "conhecer gente" e conversa com gente e fazer dessa gente meu raio, estrela e luar. Tô bem desse jeito.

    ResponderExcluir
  15. "Gente só me traz problema."

    E há explicação melhor?!

    ResponderExcluir
  16. Só pra dizer.

    Sou i-g-u-a-l.

    Ok, ok, ok.

    ResponderExcluir
  17. Bem nessa! Ultimamente a gente que eu conheço anda fazendo eu ter cada vez mais vontade de virar "autista" de vez e me esconder dentro do meu próprio mundo. Só nele me sinto segura. E assim se inicia um novo ciclo de depressão.

    ResponderExcluir
  18. Gharcia, não, mas quem disse que entendi fui eu. entendi que tô errada. :)

    .cleozinha, sai de casaaa!

    Milla, hahahaha.

    Tina, parece estranho, né? mas tem que ser assim. senão eu fico em casa pra sempre.

    Natasha, hahahahahaha, :*

    Pri, não, pode parando! sai de casaaaaa.

    Raquel, parapalhaçada, vai sair de casa pra conhecer mais gente maluca!

    Nina, ai, acho que é... :/

    Lee_Lee, :*

    Rose, nãaaao, nada disso! sai de casaaaa!

    Karina, hahaha, não sei bem se é de maneira leve, mas eu, pelo menos, gostaria que fosse. obrigada. :)

    San, mas, olha. por mais chato que seja ouvir. as pessoas veem os sinais às vezes melhor do que nós mesmas e elas tentam nos avisar. é chato ouvir. mas é pior entrar na depressão sem perceber e depois não saber como sair. um beijo, :*

    sobrefatalismos, nãaaooo, vai conhecer genteeee!

    del, para, vai lá conhecer gente, umazinha só.

    Dee, hahahaha, para, gente também dá abraço, chocolate e às vezes beijo no pescoço.

    stella, já sabe, né? vai conhecer gente!

    ResponderExcluir
  19. É,faz 2 anos que nao saio de casa,que nao conheco pessoas,por causa de um coracao partido!Nem sei o que fazer,viu renatinhaaaa!!!!

    ResponderExcluir
  20. POis eu até ja virei piada por conta disso. Ontem mesmo. Os amigos combinando de ir no show do Lenine, eu disse q ia, e um twittou algo como: "Quem acha que a Carol vai no show levanta a mão > todos com as mãos no bolso".

    Pra tu ver minha situação o__Õ

    ResponderExcluir
  21. Cristina, vou dizer o óbvio: vai passar. e sai de casa.

    a primeira é mais ou menos mentira, porque a gente diz que tudo passa, mas eu acho que nem tudo passa. pode ser que esse seu coração partido não passe mesmo. às vezes acontece. :)

    mas aí a gente tem que aprender a viver com o coração partido. tem que aprender a deixar o coração partido em casa e sair. quando você voltar, ele vai estar lá, te esperando pra doer, não se preocupe.

    mas a gente tem que fazer um esforço. tem que sair, tem que ver pessoas, conhecer gente, reaprender a olhar em volta. praticando fica mais fácil.

    ;*

    Carol, sai de casa!

    ResponderExcluir
  22. Minha terapeuta me pergunta isso toda semana, e a minha situação é a mesma da tua! Eu queria mesmo conhecer gente nova... mas o medo de dar certo e acabar depois me impede de seguir

    ResponderExcluir